Beds are Burning  (Midnigth Oil)    

The time has come     

To say fair’s fair 

To pay the rent

To pay our share

The time has come

A fact’s a fact 

It belongs to them

Let’s give it back  

Aprendi no colégio que o vírus é um ser exclusivamente parasitário. Para sua reprodução eles controlam a célula de algum ser vivo e utilizam sua capacidade de auto-reprodução. Após seu uso pelo vírus, a célula hospedeira morre.

O Homo Sapiens habita este planeta há 250 mil anos. Neste período, passou aproximadamente 235 mil anos de maneira primitiva. Dependia da natureza para pescar, catar e coletar seus alimentos, produzir roupas e ter abrigo. O ser humano participava da cadeia alimentar. Por isto contávamos cerca de 1 milhão de indivíduos no mundo inteiro.

Chegando ao Neolítico (12 000 a. C.), nós resolvemos mudar nosso destino. Passamos a criar animais e produzir vegetais. Controlamos assim o suprimento de alimentos, deixando a instabilidade da natureza de lado. Resultado: progredimos em número e capacidade. Ficamos maiores, mais inteligentes e mais fortes. Reproduzimo-nos aos bilhões.

No século passado, utilizando nossa capacidade ilimitada, criamos a indústria de massa e a sociedade de consumo. Que beleza! Para desenvolvemo-nos basta fazer com que cada vez mais pessoas possam comprar (e consumir) produtos. Assim as fábricas produzirão aceleradamente, gerando muitos empregos, mais dinheiro e elevando o número de compradores, num ciclo infinito. Mas nós somos mesmo tão inteligentes, poderosos, nada parece poder nos impedir. 

Apesar de toda nossa empáfia, existe um problema. O entrave deste esquema fabuloso está em nossa hospedeira. A Terra, que há séculos nos permite a reprodução através de doação de seus recursos, parece estar mudando de opnião sobre nós. E pior, ela está querendo nos eliminar, lançando as defesas de seu organismo contra nós.

E o pior. O processo está tão acelerado, que os efeitos serão sentidos já nas primeiras décadas deste século.

Acho que vou passar a estocar protetor solar. 

__________________________________ 

Para saber como ajudar a amenizar os problemas climáticos, clique aqui

Para alguns dados sobre a vingança do planeta contra nós, clique aqui.

Para a letra completa e a tradução da música do Midnight Oil,  clique aquiaqui.

Anúncios