chan.jpg

O primeiro debate eleitoral na TV aconteceu nas eleições norte-americanas de 1960, quando Kennedy venceu Richard Nixon. Consta que a performance do candidato democrata durante a discussão, foi fundamental para a vitória.

No Brasil, o primeiro debate entre presidenciáveis televisionado ocorreu nas eleições de 1989. Todos os candidatos participaram, com exceção do líder nas pesquisas Fernando Collor. Além deste, foram feitos mais três debates no primeiro turno daquelas eleições, todos com performances memoráveis de Brizola. Foi ele que questionou Maluf sobre a frase “tá com desejo sexual, estupra mais não mata”, dita pelo candidato paulista dias antes. A frase nunca mais foi esquecida e Brizola terminou as eleições na frente de Paulo Maluf.

Durante o segundo turno, em 1989, foram feitos mais dois debates. Um em 3 de dezembro, quando Lula se saiu melhor do que Collor. E o fatídico debate de 14 de dezembro, três dias antes das eleições. Foi neste que Collor acusou Lula de planejar o confisco da poupança. Além disto, este debate é lembrado por uma denúncia de Collor. Lula, na época encarnando o visual “sou pobre, mas sou limpinho”, tinha um som de última geração, coisa que nem ele, rico e poderoso, teria.

O Jornal Nacional utilizou nos dias posteriores uma edição do debate com os melhores momentos Colloridos e os piores momentos do Lulescos.  Desta maneira Collor conseguiu barrar o avanço de Lula nas pesquisas e se tornou presidente do Brasil.

Hoje, o debate é muito diferente para Lula. Ele é o líder nas pesquisas. O PT não decidiu ainda se irá ou não à TV. Se for, será o alvo dos outros três debatedores. Se não for, não terá a oportunidade de dar suas explicações sobre o dossiêgate. É esperar para ver.