Fui conferir no cinema a versão de Miami Vice para a telona. Eu não era fã da série. Impossível ser fã de qualquer coisa do SBT nos anos 80 pois, neste período  jurássico e pré-parabólico, o sinal da emissora não pegava bem na minha casa.

Se você gostava do seriado dos anos 80 e deseja um momento de nostalgia, regressando aos cenários paradisíacos e as roupas típicas da década, esqueça, não é este o caso. O filme tem muito pouco da série original.

É um bom filme de ação, mas para assisti-lo é necessário esvaziar a cachola e esquecer que a maioria dos vilões da trama são latino-americanos. E como somos maus. Traficamos drogas, fazemos contrabando e assassinamos pessoas, enquanto os americanos, estes abnegados, tentam nos conter.

Que bom que existem os norte-americanos para mostrar o caminho do bem para todos nós, não é mesmo?

Ah, quase ia esquecendo.  Lou, você não precisa ficar triste pela falta da breguice da série original. O Colin Farrell compensa com um bigodón e um cabelinho de dar inveja a qualquer Odair José.

Advertisements