Cinco anos se passaram do ataque ao WTC e Bin Laden continua soltinho da silva. Por incompetência do governo americano, diga-se de passagem, que deixou o barbudo escapar nas montanhas de Tora Bora, no Afeganistão.

De qualquer maneira, Bushinho e seus asseclas saíram ganhando. Receberam uma justificativa para incendiar o mundo com sua doutrina, numa política internacional cujo último filhote foi a guerra entre Israel e Hezbollah, no mês passado.

Talvez, para eles, seja até melhor deixar Bin Laden livre.

Advertisements